comunidade

Fortalecer a Parentalidade Positiva e Resiliente

A parentalidade é uma jornada repleta de desafios e responsabilidades. Para garantir um ambiente saudável e feliz para as crianças, é essencial que os pais sejam capacitados e apoiados nas suas tarefas. É nesse contexto que as Power Teams desempenham um papel crucial. Através da formação, suporte emocional e recomendação de técnicas e práticas especializadas, essas equipas dedicadas trabalham para fortalecer a parentalidade positiva e promover a geração da resiliência nas famílias. Neste artigo, exploraremos como as Power Teams estão transformar a vida das famílias, fornecendo orientações valiosas e criando uma base sólida para o desenvolvimento saudável das crianças e o fortalecimento da parentalidade positiva.

Formação e Capacitação para Pais

Uma das principais missões das Power Teams é capacitar os pais para o exercício da parentalidade positiva. Através da disponibilização ou recomendação de formações nas áreas do desenvolvimento pessoal, inteligência emocional, coaching, parentalidade e meditação, as equipas fornecem ferramentas práticas e conhecimentos especializados para ajudar os pais a enfrentarem os desafios do dia a dia. Essas formações têm uma ênfase especial na promoção da resiliência, desenvolvendo a capacidade dos pais de lidar com situações adversas e encontrar soluções construtivas.

Suporte Emocional e Compartilhamento de Experiências

Além da formação, as Power Teams oferecem um espaço seguro para que os pais compartilhem as suas experiências, dúvidas e preocupações. Através da plataforma online, a comunidade em geral pode conectar-se, partilhar histórias de vida e apoiar-se mutuamente. Os pais encontram um ambiente acolhedor, onde podem receber suporte emocional e conselhos de profissionais qualificados. Esta rede de apoio fortalece os laços entre os membros da comunidade e cria uma sensação de pertença, demostrando que ninguém está sozinho nesta jornada da parentalidade.

Campanhas de Sensibilização e Mobilização

As Power Teams também desempenham um papel fundamental na consciencialização e mobilização da sociedade para a prevenção de situações de risco para as crianças. Através de campanhas educativas, essas equipas procuram alertar a comunidade sobre os impactos das experiências adversas na infância e promover a importância da parentalidade positiva. Essas campanhas visam envolver a sociedade como um todo, despertando a atenção para a responsabilidade coletiva de criar um ambiente seguro e acolhedor para as crianças crescerem, pois, como diz o proverbio africano, “É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança.”

 

Fortalecer a Parentalidade Positiva e Resiliente Consulte Mais informação "

Vítimas das experiencias adversas na infância

A Missão Pertinente enfrenta o desafio de alcançar os destinatários finais dos seus serviços, considerando o grande número de pessoas afetadas pelas Experiências Adversas na Infância (EAI). Neste artigo, abordaremos os destinatários preferenciais da nossa associação e os obstáculos que podem surgir ao tentar alcançá-los. Reconhecemos a necessidade de uma transformação social ampla e a importância da consciencialização e cooperação de todos para lidar com as questões sociais relacionadas às EAI.

Destinatários : Quem São e Como Atingi-los

  1. Crianças e jovens referenciados: Trabalhamos em parceria com diferentes entidades para identificar e apoiar crianças e jovens que são possíveis vítimas de EAI. Estabelecemos parcerias com essas entidades para garantir que o nossos serviços cheguem a esse grupo de pessoas em situação de vulnerabilidade.
  2. Famílias: Reconhecemos a importância de envolver as famílias no processo de apoio às crianças e jovens afetados. procuramos estabelecer um relacionamento de confiança com as famílias, oferecendo-lhes orientação e recursos necessários para lidar com as consequências das EAI.
  3. Crianças e jovens em situação de risco: O nosso foco também se estende a crianças e jovens que enfrentam riscos familiares ou comunitários, como pobreza, violência e exclusão. Colaboramos com instituições parceiras que atuam no terreno para identificar e apoiar esses grupos.
  4. Comunidades de risco elevado: Reconhecemos que as EAI afetam comunidades inteiras. Trabalhamos em parceria com diferentes instituições para chegar a essas comunidades e oferecer apoio abrangente, visando uma transformação social efetiva.
  5. Adultos vítimas de EAI: Não limitamos a nossa atuação apenas a crianças e jovens. Reconhecemos que os adultos também podem ser afetados pelas EAI. Estendemos nossos serviços de apoio a adultos que foram vítimas de EAI, fornecendo-lhes suporte emocional e recursos para a sua recuperação e requalificação.
  6. Dependentes de substâncias, reclusos e ex-reclusos: Entendemos que certos grupos, como pessoas dependentes de substâncias, reclusos e ex-reclusos, enfrentam desafios únicos. O nosso objetivo é estender  os nossos serviços a essas populações, bem como às suas famílias, para ajudá-los a superar as EAI e construir vidas saudáveis.

Enfrentar os Desafios: Rumo à Transformação Social

Reconhecemos que alcançar os nossos objetivos requer uma transformação social gigantesca. No entanto, sabemos que enfrentaremos alguma resistência tanto da comunidade quanto dos profissionais. No entanto, estamos preparados para combater a ideia da dependência de subsídios, e capacitar as pessoas de que as suas escolhas, empenho e resiliência são a estrutura base para a construção de uma vida autónoma e digna. Junta-te a nós, sê parte da mudança, por um futuro melhor!

Vítimas das experiencias adversas na infância Consulte Mais informação "

Isto afeta-te a ti e às pessoas de quem mais gostas

 

 

Os dados encontrados por investigadores, um pouco por todo o mundo, revelam uma verdade escondida e ignorada que pode estar a destruir a tua vida e a das pessoas de quem mais gostas e a vida social em geral. 

 

Os cientistas ficaram surpreendidos quando perceberam muito claramente que o stress tóxico durante a infância é a causa da maioria dos problemas da sociedade: doenças físicas e mentais, depressão, ansiedade, relacionamentos abusivos, hábitos pouco saudáveis, insucesso escolar e profissional, vícios, dependências de substâncias, violência e criminalidade têm uma causa comum e está identificada.

 

As estatísticas dizem que mais de 60% das pessoas foram vítimas; mais de 16% são casos graves. E isto não são apenas números. Em cada uma destas pessoas há uma história de adversidade que se perpetua por toda a vida, aos mais diversos níveis. O pior é que cada uma destas pessoas se sente isolada e sozinha, dada a pressão social em ignorar a sua própria história, fingindo que está tudo bem. Isto dá origem a uma farsa social de proporções épicas, não é?

 

Está mais do que na hora de sair deste registo de ocultação e de ignorância e enfrentar as coisas tal como elas são. As experiências adversas da infância existem e causam danos se não forem ressignificadas. Elas podem dar origem a uma extrema vulnerabilidade ou a uma resiliência inigualável.

Vamos aprender a lidar com isto de forma a construir uma vida de autêntico bem-estar e felicidade? Por ti. Pelos teus. Por nós. Por todos.

Isto afeta-te a ti e às pessoas de quem mais gostas Consulte Mais informação "

Ficha de inscrição
plugins premium WordPress